A presidente da AMPLA, Associação dos Municípios do Planalto de Araxá, Maura  Assunção de Melo Pontes, o ex-prefeito de Tapira, Lavater Pontes Júnior e assessoria, recebeu na quinta-feira, 27, os Aliados Estratégicos da DIALLD Bio Energy, Adolfo Nascimento e Dailsom Lettieri, para dar continuidade no processo de implantação de uma Usina de Reciclagem com a tecnologia DIALLD Bio Energy na região. O Aliado Estratégico Adolfo Nascimento havia feito apresentação da tecnologia em dezembro de 2021, onde houve muito interesse no projeto por parte dos prefeitos presentes. As tecnologias inovadoras vêm da Alemanha através da DIALLD BIO ENERGY HOLDING a mais alta expressão em RSU / IR, à tecnologia na aplicação de pelo menos duas décadas, inicialmente na Alemanha e posteriormente em outras Países europeus (França, Espanha) na ÁSIA e ÁFRICA e agora está se expandindo para a América Latina / América Central (México, Colômbia, Brasil, Panamá), por meio de seus representantes. Sendo o maior expoente da mudança de paradigma energéticodo planeta.

É imprescindível informar que a HOLDING dispõe de tecnologia e capital suêcientes para realizar os investimentos dos projetos de magnitude necessária até 100% com as respectivas garantias para o referido ênanciamento.

O Grupo Empresarial DIALLD Bio Energy tem toda a estrutura técnica e humana, oferecendo soluções e modelos técnicos, ênanceiros e comerciais para a estruturação inovadora de projetos voltados para a construção de Usina de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), Geração de Energia Renovável e Água para êns Agrícolas. Adolfo Nascimento explicou que havendo aterro e / ou lixão na cidade, o DIALLD Bio Energy poderá instalar sua planta na mesma área (se houver tamanho), a área média para implantação da planta é de 40.000m2 a 80.000 m2, aproveitando o resíduo do aterro, e ao mesmo tempo fazendo a recuperação ambiental do local, como pode ser visto em um vídeo da nossa fábrica na Alemanha, foi implantada em um aterro, o DIALLD Bio Energy retirou os resíduos, aproveitando e recuperando a área, contribuindo com a ëora e fauna para a região, eliminando o passivo ambiental antes sem solução. A Usina de Reciclagem trabalha com a destinação de resíduos industriais que contenham carvão, lodo de esgoto, resíduos urbanos, resíduos sólidos, produtos de borracha, resíduos plásticos, pneus usados, resíduos de madeira, solos contaminados, com derivados de petróleo, água salgada, óleo de borra, ëocos de planta metalúrgica, resíduos médicos, indústria alimentar. resíduos de postos de gasolina, resíduos de aeroportos e grandes produtores de resíduos.

De acordo com Adolfo Nascimento o investimento para implantação de uma Usina de Reciclagem com recebimento de 130 tons/dia de resíduos é de cerca de 40 milhões de euros, gerando cerca de 400 empregos num período de 08 meses para
construção e cerca de 40 empregos para o funcionamento da Usina. Para implantação de Usina de Reciclagem e Estação de Energia o investimento é de 90 milhões de euros, sendo necessários cerca de 340 tons/dia de resíduos, com geração de400 a 450 empregos num período de 08 a 24 meses para construção dos complexos e cerca de 60 empregos para o funcionamento da Usina e Estação de Energia. A presidente Maura, mostrou muito interesse no processo de implantação da Usina, delegou a sua assessoria realizar o levantamento das informações necessárias junto aos municípios para a realização do processo de viabilidade técnica da DIALLD Bio Energy.

Fonte: http://avozdopovo.org/associacao-dos-municipios-do-planalto-de-araxa-recebe-aliados-estrategicos-da-dialld/

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here

dieciocho − 11 =